Asul <$BlogRSDUrl$>    
Asul Entre a Barreta e o Levante

Museum On The Seam

  "ao fim da tarde
   as sombras da ilha
   desenham o voo das aves
   nas águas da ria
"

José Carlos Barros   



Proud  Owner  Of  A
Page Rank Blog

Correio Asul


Rádio Asul


Twitter Asul
    follow me on Twitter



    Blogs
    A Arlapa
    A Lâmpada Mágica
    A Minha Matilde & Cª
    A Origem das Espécies
    A Revolta dos Griséus
    Aberratio Ictus
    Abrupto
    Alcabrozes
    All Garb Desunited
    @l(maria)do
    Alvito - Baixo Alentejo
    António Boronha
    Ardeu a padaria
    Arrastão
    Art & Design de Isabel Filipe
    Beja
    Berço de Ouro
    Blogue dos Marretas
    :)canalsonora(:
    Canuckpt
    Casa de Cacela
    Certamente!
    Charquinho
    Chocolate com Pimenta
    Claras Crónicas
    Coiso & Tal
    Confessionário do Dilbert
    Crónicas do Pete
    Dar de vaia
    Dias que Voam
    Do Portugal Profundo
    Fábulas
    Faro este
    Fala & Come
    Formiga Assassina
    Freedom Force - Olhão
    Futebolartte
    Galo Verde
    Gastr'eat'
    I am you
    Insular
    Just Feelings
    Local & Blogal
    LOLgarve
    Meu Bazar de Ideias
    Meu Querido Diário
    Mó! Tá o frio em monte, deb!
    Muro das lamentações de Pechão
    O Bate Estacas
    O blog do tóino
    O melhor blog do universo
    O Meu Anel
    O Repleto
    Olhão Leal
    Olhão livre
    Pechanense
    Perspectivas
    Portugal dos pequeninos
    Povo de Bahá
    Problema de Expressão
    Quintacativa
    Sempre Inocentes
    Sol&Tude
    Tames Xarengadze
    Terra do Sol
    Trento na língua
    Universo Catariniano
    Zone41

    Olhão...
    ... Institucional
    ... em Debate
    ... Vigilante
    ... na Teia
    ... na Rede
    ... Rubro-Negro
    ... VermelhiPrête
    ... Cinéfilo
    ... Heráldico
    ... Acontece
    ... é Notícia
    ... Uber Alles :)


    Roteiro
    Gastronómico
    Asul

    Almargem
    Amador, Marisqueira
    Aquário, O
    Barra Nova
    Bote, O
    Catedral do Marisco
    Charrete, A
    Livramento, O
    Sérgio

    Agregações



    Baú
    Outubro 2003
    Novembro 2003
    Dezembro 2003
    Janeiro 2004
    Fevereiro 2004
    Março 2004
    Abril 2004
    Maio 2004
    Junho 2004
    Julho 2004
    Agosto 2004
    Setembro 2004
    Outubro 2004
    Novembro 2004
    Dezembro 2004
    Janeiro 2005
    Fevereiro 2005
    Março 2005
    Abril 2005
    Maio 2005
    Junho 2005
    Julho 2005
    Agosto 2005
    Setembro 2005
    Outubro 2005
    Novembro 2005
    Dezembro 2005
    Janeiro 2006
    Fevereiro 2006
    Março 2006
    Abril 2006
    Maio 2006
    Junho 2006
    Julho 2006
    Agosto 2006
    Setembro 2006
    Outubro 2006
    Novembro 2006
    Dezembro 2006
    Janeiro 2007
    Fevereiro 2007
    Março 2007
    Abril 2007
    Maio 2007
    Junho 2007
    Julho 2007
    Agosto 2007
    Setembro 2007
    Outubro 2007
    Novembro 2007
    Dezembro 2007
    Janeiro 2008
    Fevereiro 2008
    Março 2008
    Abril 2008
    Maio 2008
    Junho 2008
    Julho 2008
    Agosto 2008
    Setembro 2008
    Outubro 2008
    Novembro 2008
    Dezembro 2008
    Janeiro 2009
    Fevereiro 2009
    Março 2009
    Abril 2009
    Maio 2009
    Junho 2009
    Julho 2009
    Agosto 2009
    Setembro 2009
    Outubro 2009
    Novembro 2009
    Dezembro 2009
    Janeiro 2010
    Fevereiro 2010
    Março 2010
    Abril 2010
    Maio 2010
    Junho 2010
    Julho 2010
    Agosto 2010
    Setembro 2010
    Outubro 2010
    Novembro 2010
    Dezembro 2010
    Janeiro 2011
    Fevereiro 2011
    Março 2011
    Abril 2011
    Maio 2011
    Junho 2011
    Julho 2011
    Agosto 2011
    Setembro 2011
    Outubro 2011
    Novembro 2011
    Dezembro 2011
    Janeiro 2012
    Fevereiro 2012
    Março 2012
    Abril 2012
    Maio 2012
    Junho 2012
    Julho 2012
    Agosto 2012
    Setembro 2012
    Outubro 2012
    Setembro 2013
    Outubro 2013

    This page is powered by Blogger. Isn't yours?

    Weblog Commenting and Trackback by HaloScan.com

    Categoria? Sou contra isso!

    Blog Templates

    Anti-Spam - Lute Contra os Spammers

    Quem me chama?



        quarta-feira, dezembro 31, 2003  
    Bom Ano Novo 

    O Asul deseja a todos os seus fregueses um Próspero 2004

    proferido por Asulado @ 12/31/2003 09:45:00 da manhã
    |

        terça-feira, dezembro 30, 2003  
    Cabala parte 2 
    Ainda hoje o FV louvava a atitude do PS em relação à notícia da acusação a Paulo Pedroso, em contraposição àquela que foi tomada quando da prisão do referido deputado.
    Não há bem que sempre dure. A notícia de que uma testemunha da Casa Pia envolve Ferro Rodrigues em práticas pedófilas deveria ter merecido um comentário pessoal deste, e não uma declaração proferida pelo porta-voz do PS. Mais uma vez é a instituição Partido Socialista que é metida ao barulho, e pelos seus próprios membros.
    Pessoa amiga costuma dizer que "um burro nunca dá dois coices na mesma pedra". Será?

    proferido por Asulado @ 12/30/2003 10:09:00 da tarde
    |
     
    Acontece 

    proferido por Asulado @ 12/30/2003 03:50:00 da tarde
    |
     
    Colecção Verão/Inverno 
    Será que a nossa Polícia Judiciária também vai aderir à moda?

    proferido por Asulado @ 12/30/2003 12:34:00 da tarde
    |
     
    Veneno na blogosfera 
    Vítima ou culpado? Você decide.

    proferido por Asulado @ 12/30/2003 12:03:00 da manhã
    |

        segunda-feira, dezembro 29, 2003  
    Chamem-lhes parvos 
    Passagem de Ano aventureira!

    proferido por Asulado @ 12/29/2003 10:51:00 da tarde
    |
     
    Acusados 
    Foram formuladas acusações contra 10 dos 13 arguidos no Processo Casa Pia. Um deles é o deputado Paulo Pedroso. Será que vai voluntariamente cumprir o que prometeu?
    Actualização: Sim.

    proferido por Asulado @ 12/29/2003 04:02:00 da tarde
    |

        domingo, dezembro 28, 2003  
    5 estrelas... 
    ... a prestação de Pacheco Pereira hoje no Jornal da Noite da SIC.
    A cereja no topo do bolo: quando criticou uma transmissão televisiva da própria SIC, um programa de variedades em directo de um estabelecimento prisional, no qual João Baião fez subir ao palco 3 reclusos e lhes comunicou em primeira mão a notícia da sua libertação.

    proferido por Asulado @ 12/28/2003 09:02:00 da tarde
    |
     
    O cão que mordeu o homem (2) 
    Infelizmente isto é assunto de notícia.

    proferido por Asulado @ 12/28/2003 03:35:00 da tarde
    |

        sábado, dezembro 27, 2003  
    Blame Canada 

    proferido por Asulado @ 12/27/2003 08:22:00 da tarde
    |
     
    Mas as Presidenciais não são só em 2006? 
    Mais um para baralhar as contas, Fernando.
    Apetece perguntar: onde estavam vocês em 2001?

    proferido por Asulado @ 12/27/2003 03:10:00 da tarde
    |

        sexta-feira, dezembro 26, 2003  
    Ressaca pós-Natal 
    Estas folgas a meio da semana sabem bem, o pior é apanhar depois com o trabalho acumulado.
    Vou-me agora espojar (a sílaba do meio é acentuada) no sofá a ver os DVDs de britcom que recebi pelo Natal: 'Black Adder Séries 3 & 4' e 'Fawlty Towers Série 1'.
    Até já.

    proferido por Asulado @ 12/26/2003 09:17:00 da tarde
    |

        quinta-feira, dezembro 25, 2003  
    Consoada 
    Ontem foi dia de alimentar o corpo (com o litão guisado) e o espírito (com a Missa do Galo).
    E fui beijar o Menino, sem medo de futuras represálias.

    proferido por Asulado @ 12/25/2003 11:31:00 da manhã
    |

        quarta-feira, dezembro 24, 2003  
    História de Natal 
    Comemoraria amanhã o seu aniversário, caso fosse vivo, o Cónego José Augusto Vieira Falé. A esta já de si pomposa designação poder-se-ia ainda acrescentar o Dr.
    Senti bastante a sua morte, apesar de não ser muito chegado a ele. Ou talvez por isso.
    Privei mais de perto com o Cónego Falé quando fui seu acólito nalguns (poucos) dos muitos anos em que ele foi Prior da Paróquia de Olhão. A gradual redução da minha prática religiosa e a doença que precipitou o seu afastamento dos púlpitos fez com que o nosso convívio fosse cada vez mais esporádico.
    Visitava-o sobretudo nas vésperas de Natal, num qualquer tempinho que a minha fútil agenda me permitia, e que ele procurava sempre esticar ao máximo.
    Recordo agora as palavras que ele me disse na última vez que estivemos juntos, vésperas de Natal de 2000, o seu último em vida:
    «"Amar como Jesus amou". Sem dúvida um bom princípio de vida, mas que pouco ou nada dirá aos não-cristãos. "Não faças aos outros o que não gostas que te façam a ti". Já viste como seria bem melhor o Mundo se todos seguissem este ditado?»
    Há pessoas que têm o condão de nos fazer ver como a vida é simples.
    Feliz Natal.

    proferido por Asulado @ 12/24/2003 12:35:00 da manhã
    |

        terça-feira, dezembro 23, 2003  
    Feliz Natal a todos 

    © South Park Studios

    proferido por Asulado @ 12/23/2003 12:02:00 da manhã
    |

        segunda-feira, dezembro 22, 2003  
    «Oh, melher...» 

    proferido por Asulado @ 12/22/2003 05:24:00 da tarde
    |

        domingo, dezembro 21, 2003  
    Ideotas 
    Se o conhecimento tecnológico existente em Portugal fosse tão utilizado para o bem-estar comum como é para a trafulhice, éramos um dos países mais desenvolvidos do mundo.

    proferido por Asulado @ 12/21/2003 10:51:00 da manhã
    |

        sábado, dezembro 20, 2003  
    Va bene? 
    O Asul registou a sua primeira visita de Itália, onde alguém utilizou o Google para a seguinte busca: churrascaria+espana.
    Troppo lontano, caro/a amico/a! Qui è Portogallo!

    proferido por Asulado @ 12/20/2003 03:34:00 da tarde
    |

        sexta-feira, dezembro 19, 2003  
    Moçambique 

    Expo de Lisboa, 19Set1998

    proferido por Asulado @ 12/19/2003 10:36:00 da tarde
    |

        quinta-feira, dezembro 18, 2003  
    Todos 
    Cheguei há pouco do Fórum Algarve, onde fui adiantar umas compras de Natal da minha extensa lista (família numerosa oblige). Vi um brinquedo numa prateleira do Jumbo que me interessou, mas não havia indicação de preço. Dirigi-me a um daqueles aparelhos com infravermelhos, mas indicava problemas de comunicação. Pedi então ajuda a uma repositora, que me indicou um balcão onde poderia obter a informação. Chegado lá, surpreendi-me ao ver nesse balcão um senhor idoso invisual (ou cego, deixando de lado as mariquices do politicamente correcto). Pediu-me que lhe fornecesse os algarismos do código de barras, e introduziu-os num computador através do teclado. Não sei qual era a tecnologia utilizada, mas o senhor tinha uns auscultadores postos e percebia-se que recebia informação através deles. Confirmou primeiro o nome do produto, fornecendo de seguida o preço.
    Se dúvidas houvesse, esta situação mostrou que ninguém está a mais neste mundo, todos temos nele um papel a desempenhar.

    proferido por Asulado @ 12/18/2003 10:22:00 da tarde
    |
     
    Boas notícias logo pela manhã 
    Quando vinha para o trabalho, deparei com um técnico a reparar os semáforos instalados nesta terra no cruzamento da Avenida da República com a Rua Patrão Joaquim Casaca (antiga da Majuca). Uns semáforos que só estavam avariados há cerca de uma semana! Este pessoal anda-se a exceder!

    proferido por Asulado @ 12/18/2003 09:25:00 da manhã
    |

        quarta-feira, dezembro 17, 2003  
    Do Sri Lanka com amor 
    O homem afinal até é bonzinho!
    Esta notícia fez-me lembrar o que se passa(va?) na Colômbia, onde os narcotraficantes são idolatrados por camadas populacionais pobres, a quem ajudam monetariamente e em géneros. Muitas vezes são esses indivíduos os primeiros a socorrer os criminosos em caso de perigo.

    proferido por Asulado @ 12/17/2003 07:06:00 da tarde
    |
     
    Desculpem qualquer coisinha 
    Não tenho mencionado aqui, mas o Asul continua a receber algumas visitas curiosas direccionadas pelos diferentes motores de busca.
    Este post já motivou a visita de mais hermanos nuestros, não tanto pela gastronomia mas mais pelo jogo España-Rusia. Também já têm dado a esta costa em busca do Estádio Algarve.
    Nos comentários a este post, o jcb perguntava-me se ainda não tinha chegado ninguém em busca de tarte de alfarroba. Na altura respondi que não, mas isso já não é verdade, pois entretanto chegaram cá não só à procura da tarte mas da doçaria de alfarroba em geral.
    Mas foi certamente este post que trouxe as visitas mais inesperadas.
    Do Google português chegou alguém em busca de canções de Natal portuguesas (gabo-lhe o patriotismo).
    O Google brasileiro indicou este blog a alguém que procurava um natal vegetariano. Espero que não tenha ficado ofendido/a com o conteúdo do post...

    proferido por Asulado @ 12/17/2003 05:18:00 da tarde
    |

        terça-feira, dezembro 16, 2003  
    Vamos lá então ao Saddam (salvo seja) 
    Não tencionava dissertar aqui sobre a detenção de Saddam Hussein e toda a situação no Iraque, mas uma vez que já o fiz em comentários noutros blogs (em especial no barnabé), mal ficava se não o fizesse no meu.
    Nunca tive uma posição convicta sobre a intervenção aliada no Iraque, o que até é algo embaraçoso para mim, pois nunca senti particular orgulho em pertencer ao grupo dos indecisos. Penso que uma guerra só por si já é uma derrota, mas por vezes um mal necessário para evitar males maiores.
    Nunca pus no entanto em causa uma coisa: Bush e Saddam não são farinha do mesmo saco. Apesar de não nutrir especial simpatia pelo senhor, Bush é o Presidente da maior democracia do mundo, enquanto Saddam é (foi) um ditador sanguinário. Não estou aqui a apregoar a perfeição do sistema norte-americano, mas como dizia o Mestre Churchill (e vou citá-lo de memória) «A democracia é o menos mau dos sistemas». Não me vou alongar muito mais neste tópico, pois aquilo que penso já o Net Pulha expressou aqui.
    O argumento principal de Bush para partir para a guerra foi o facto de o Iraque ainda ter em seu poder armas de destruição massiva. Essas ainda não foram encontradas, e até já houve um recuo na utilização desse argumento, especialmente pelas autoridades britânicas. Este é um assunto que ainda exige uma clarificação por parte de quem utilizou esse argumento, Durão Barroso incluído.
    A detenção de Saddam é uma vitória da Democracia. Todos os democratas têm direito a se congratular com o facto, quer tenham sido favoráveis ou contrários à realização desta guerra. É também um facto que Saddam não teria sido detido se os Aliados não tivessem lançado a ofensiva. Isto agora é uma questão de saber quais os meios que justificam os fins, e depende da sensibilidade de cada um.
    Por último, a forma como Saddam foi apresentado. A minha primeira reacção foi de que se tinha cometido um exagero. Mas discordei prontamente da opinião de Mário Soares e de outros que disseram que aquela era a atitude de um César, pois nada naquelas imagens insultava a dignidade de Saddam Hussein. E mesmo um preso como ele merece-a, e é esse o grande trunfo da democracia sobre a ditadura, ou senão não seríamos muito diferentes daquilo que ele representa.
    Com a razão a sobrepor-se ao coração, compreendi a importância daquelas imagens. Muitos combatentes fiéis ao anterior regime iraquiano actuam à imagem do antigo ditador, que os instruía no sentido da honorabilidade da morte em combate pela sua causa. O que pensarão esses agora, ao ver o seu líder submissamente a ser examinado pelos infiéis? E isto é um factor importante para todos os que se encontram (e temos lá compatriotas nossos) a ajudar na reconstrução do Iraque, pois já constatámos que os guerrilheiros não olham a alvos nos seus ataques.

    proferido por Asulado @ 12/16/2003 06:23:00 da tarde
    |

        segunda-feira, dezembro 15, 2003  
    Opiniões 
    Ele há com cada sondagem! Com que resultados iremos ser brindados a seguir? "Um em cada sete portugueses acha que o céu não é azul"?

    proferido por Asulado @ 12/15/2003 10:25:00 da tarde
    |
     
    Arrumação 
    Achei uma boa idéia a do Baeta Oliveira de "arrumar" os poemas que vai incluindo no seu blog, já que muitos dos seus visitantes os procuram em particular.
    Uma vez que há quem visite o Asul pelas indicações gastronómicas que dou, achei por bem indexar os posts em que falo de restaurantes. Já está a lista ali à esquerda.
    Bem sei que se utilizássemos o Movable Type dispensávamos este trabalho, mas quem não tem cão...

    proferido por Asulado @ 12/15/2003 03:23:00 da tarde
    |
     
    Verticalidade horizontal 

    Monsaraz, 06Jul2003

    proferido por Asulado @ 12/15/2003 09:26:00 da manhã
    |

        domingo, dezembro 14, 2003  
    Saddam Hussein apanhado 

    proferido por Asulado @ 12/14/2003 10:55:00 da manhã
    |

        sábado, dezembro 13, 2003  
    Ausência 
    Com muita pena minha, não vou poder estar presente hoje no lançamento algarvio do livro 'Blogs' em Portimão. Uma afonia que se começou a manifestar ontem e se agravou hoje impedem-me de frequentar um local como um bar, ainda que cultural. As únicas palavras que consigo debitar são estas que estou a escrever.
    Esta seria ainda uma ocasião para travar conhecimento com pessoas de quem leio as palavras, sendo que algumas delas comentam também as minhas. Outra oportunidade surgirá (já em Janeiro?).

    proferido por Asulado @ 12/13/2003 04:08:00 da tarde
    |

        sexta-feira, dezembro 12, 2003  
    From Her To Eternity 
    A Paula também presta serviço público (12/12-17:52).
    Sem dúvida um bom programa para a noite de Entrudo.
    Se bem que eu relaciono mais Nick Cave com Quarta-Feira de Cinzas.

    proferido por Asulado @ 12/12/2003 11:45:00 da tarde
    |
     
    Whisky Global 
    aqui tinha linkado uma notícia curiosa sobre este apreciado líquido, agora descubro mais esta.
    O que se seguirá, ovos moles de Hanoi?

    proferido por Asulado @ 12/12/2003 11:10:00 da tarde
    |
     
    Amor é... 
    ... fogo que arde sem se ver.

    proferido por Asulado @ 12/12/2003 08:08:00 da manhã
    |

        quinta-feira, dezembro 11, 2003  
    Parabéns, Manoel de Oliveira! 
    95 anos e em plena actividade! Isto só prova que a longevidade se atinge levando a vida muito c a l m a m e n t e .

    proferido por Asulado @ 12/11/2003 07:23:00 da tarde
    |
     
    Cuidado, Casimiro! 
    Cuidado com as comparações!
    O RE21 (hoje) mencionou o meu relato sobre a aquisição do livro do Querido e do Luís Ene, mas penso que fazer a comparação com a compra de um livro clandestino no tempo em que os havia, especialmente por alguém que cometeu esse feito, requer um grande exercício de criatividade.
    A loja estava cheia, não pedi o livro em voz baixa e o caixa não olhou para os dois lados antes de registar o livro. Mesmo assim, não fui posteriormente seguido por dois indivíduos de gabardina e óculos escuros.
    Além disso, se o 'Blogs' fosse um livro proibido no tempo do antigo regime, venderia certamente muitos mais exemplares.

    proferido por Asulado @ 12/11/2003 09:12:00 da manhã
    |

        quarta-feira, dezembro 10, 2003  
    Bola rola mais cedo 
    Para quem ainda não tem programa para o 1º dia do ano.
    Mas em que estado estarão os jogadores?

    proferido por Asulado @ 12/10/2003 10:41:00 da tarde
    |
     
    Assunto: Festa de Natal 
    Depois de ler este texto do Manuel Ribeiro, que o Net Pulha teve o faro de descobrir no Notícias Magazine, lembrei-me de um e-mail que recebi há cerca de um ano, de autoria desconhecida, e que acho oportuno colocar aqui.
    Peço desculpa a quem já o conhece, e desaconselho a sua leitura aos susceptíveis de se ofender com linguagem mais forte e aos adeptos do politicamente correcto.

    Patrícia Gomes - Directora de Recursos Humanos
    COMUNICADO PARA TODOS OS FUNCIONÁRIOS.
    Data: 2 de Dezembro

    Assunto: Festa de Natal

    Tenho o prazer de informar que a Festa de Natal da empresa será no dia 23 de Dezembro, com início ao meio-dia, no salão de festas privativo da Churrascaria Grill House. O bar estará aberto com varias opções de bebidas.
    Teremos uma pequena banda tocando canções tradicionais de Natal... sinta-se à vontade para se juntar ao grupo e cantar! Não se surpreenda se o nosso Vice Presidente aparecer vestido de Pai Natal! A árvore de Natal terá as luzes acesas às 13:00. A troca de presentes de "amigo secreto" pode ser feita em qualquer altura, entretanto, nenhum presente deverá exceder €10,00, a fim de facilitar as escolhas e adequar os gastos a todos os bolsos. Este encontro é exclusivo para funcionários e família. Na ocasião, o nosso Vice Presidente fará um discurso bastante especial. Feliz Natal para todos.

    Patrícia

    ************************************
    Patrícia Gomes - Directora de Recursos Humanos
    COMUNICADO PARA TODOS OS FUNCIONÁRIOS.
    Data: 3 de Dezembro

    Assunto: Festa de Natal

    De maneira alguma o memorando de 2 de Dezembro sobre a Festa de Natal pretendeu excluir os nossos funcionários judeus! Reconhecemos que o Chanukah é um feriado importante e que costuma coincidir com o Natal, mas isso não acontecerá este ano. Portanto, passaremos a chamá-la "Festa do Fim do Ano", pois teremos em conta também todos os outros funcionários que não são cristãos e aqueles que celebram o Dia da Reconciliação. Não haverá árvore de Natal. Nada de canções de natal nem coral. Teremos outros tipos de música que agradem a todos. Felizes agora? Boas festas para vocês e suas famílias,

    Patrícia

    ************************************
    Patrícia Gomes - Directora de Recursos Humanos
    COMUNICADO PARA TODOS OS FUNCIONÁRIOS.
    Data: 4 de Dezembro

    Assunto: Festa do Fim do Ano

    Em relação ao bilhete (anónimo) que recebi de um membro dos Alcoólicos Anónimos solicitando uma mesa para pessoas que não bebem álcool... terei todo o prazer em atender o pedido, mas, se eu puser uma placa na mesa a dizer "Exclusivo para os AA", vocês deixarão de ser anónimos, não será?... Como faço então? Quanto à troca de presentes, esqueçam! Não será organizada uma vez que os membros do sindicato acham que 10 euros é muito dinheiro e os executivos acham que 10 euros é muito pouco para um presente. Portanto não será organizada NENHUMA TROCA DE PRESENTES! De acordo?

    Patrícia

    ************************************
    Patrícia Gomes - Directora de Recursos Humanos
    COMUNICADO PARA TODOS OS FUNCIONÁRIOS.
    Data: 5 de Dezembro
    Assunto: Festa do Fim do Ano

    Mas que grupo heterogéneo o nosso!!! Eu não sabia que no dia 20 de Dezembro começa o mês sagrado do Ramadão para os muçulmanos, que proíbe comer e beber durante as horas do dia. Lá se vai a festa! Agora a sério, entendemos que um almoço nesta época do ano seja um problema para a crença de nossos funcionários muçulmanos... Talvez a Churrascaria Grill House possa assegurar o serviço de buffet até à noite ou então, embalar tudo para vocês levarem para casa nas marmitas. Que acham? E agora mais novidades: consegui que os membros dos "Vigilantes do Peso" se sentem o mais longe possível do buffet das sobremesas; as mulheres grávidas poderão sentar-se o mais perto possível das casa de banho; os homossexuais podem sentar-se juntos; as mulheres homossexuais não terão que se sentar junto dos homens homossexuais, que terão uma mesa própria, e sim, haverá um arranjo de flores no centro da mesa dos homens homossexuais; teremos assentos mais altos para pessoas baixas; e estará disponível comida com baixas calorias para os que estão de dieta. Nós não podemos controlar a quantidade de sal utilizada na comida, portanto sugerimos que as pessoas com tensão alta provem a comida antes de comerem. E, claro, haverá mesas para fumadores e outras para não fumadores. Esqueci alguma coisa?

    Patrícia

    ************************************
    Patrícia Gomes - Directora de Recursos Humanos
    COMUNICADO PARA TODOS FILHOS DA PUTA QUE TRABALHAM NESTA EMPRESA.
    Data: 6 de Dezembro
    Assunto: Festa do Fim do Ano da PORRA

    Vegetarianos!?!?!??! Sim, vocês também tinham que dar a vossa opinião de merda ou reclamar de alguma coisa!... Nós manteremos o local da festa na Churrascaria Grill House; quem não gostar que se foda! Não vá, desampare a loja! Ou então, como alternativa, seus fedorentos, podem sentar-se afastados, na mesa mais distante possível da tal "churrasqueira da morte" - como vocês lhe chamam. E terão também a vossa mesa de saladas de merda, incluindo tomates ecológicos da casa do caralho e arroz pegajoso para comer com pauzinhos. Aqueles que, naturalmente, ainda não gostarem, podem enfiar tudo no cu! Mas como vocês devem saber, os tomates também têm sentimentos! Os tomates gritam quando vocês os cortam em fatias. Eu mesma os ouvi gritar! Eu estou a ouvi-los gritar agora mesmo!!!!! Ah, espero que vocês todos, mas todos, os parvos dos crentes e os cretinos dos ateus, os paneleiros, as fufas, as mariquinhas das prenhas, os estupores dos fumadores e os chatos dos não fumadores, os cobardes dos bêbados anónimos e os fedorentos dos vegetarianos, todos vocês sem excepção, tenham uma merda de fim de ano! E que guiem bêbedos e morram todos, todinhos espatifados e esturricados por aí! Entenderam?

    Da Vaca, directamente para a puta que os pariu.

    ************************************
    João Pacheco - Director de Recursos Humanos INTERINO
    COMUNICADO PARA TODOS OS FUNCIONÁRIOS
    Data: 9 de Dezembro
    Assunto: Patrícia Gomes e a Festa do Fim do Ano

    Tenho a certeza que falo por todos nós desejando para a Patrícia um rápido restabelecimento para a sua crise de stress e podem estar certos que me encarregarei de lhe enviar as vossas mensagens para o sanatório.
    Venho comunicar que a direcção decidiu cancelar a Festa do Fim do Ano e dar folga remunerada a todos os funcionários na tarde do dia 23 de Dezembro.

    Boas Festas


    proferido por Asulado @ 12/10/2003 03:01:00 da tarde
    |

        terça-feira, dezembro 09, 2003  
    1.000 
    Agradeço a todos os que contribuiram para que o Asul atingisse hoje as 1.000 visitas.
    Aproveito a ocasião para tecer mais uma consideração sobre a blogosfera, a juntar às que já aqui proferi.
    Em conversa há algum tempo com o meu amigo Net Pulha, dizia-me ele que os blogs têm aumentado o seu contacto com pessoas que antes não falava tão assiduamente. Damos por nós a telefonarmo-nos com uma frequência que não acontecia, para falarmos de um post que foi escrito ou de um comentário que foi feito. Acabamos por falar de assuntos que nunca surgiriam numa conversa normal, mas que são debatidos porque alguém se lembrou de dissertá-los no seu blog.
    É curioso como uma actividade que começa por ser solitária tem este desenvolvimento. Espero que isso aconteça com um amigo comum nosso, do qual geralmente só sei novidades por terceiros e com meses de atraso. Provavelmente isso continuará a acontecer, mas penso que vou estar mais próximo do que se passa na sua insana mente, agora que ele soltou a formiga assassina (sem açaime).
    Acabava eu as anteriores considerações a perguntar onde andavam 'elas'. Pois bem, descobri há pouco tempo, e de uma assentada, 2 novos blogs no feminino. Ambos falam na minha terra, mas não sei se ambas as autoras são minhas conterrâneas. Aqui fala-se da má língua da Marina e da "mitulogia" da Susana.
    Ainda no feminino, quero destacar os deslizes oníricos da Paula, uma portimonense veterana nestas lides.
    Obrigado pela atenção.

    proferido por Asulado @ 12/09/2003 11:29:00 da tarde
    |
     
    Desportista de sofá e pantufas 
    Façam como eu: nem comecem.

    proferido por Asulado @ 12/09/2003 06:16:00 da tarde
    |

        segunda-feira, dezembro 08, 2003  
    Blogs: o livro 
    Depois de ler estas palavras do Paulo Querido e estas do Luís Ene, e uma vez que estava na Fnac do Colombo (ainda não foi desta que fui conhecer a do Chiado), resolvi então procurar o livro 'Blogs' que ambos escreveram.
    Não foi difícil encontrar 'O Meu Pipi' (salvo seja), que já ostenta o aviso "4ª edição" e a frase "15.000 rotos já compraram este livro", e que estava exposto em mais que um local da loja. Perto dele, nem sombra do 'Blogs'. Procurei depois em diversas secções onde o livro pudesse ter lugar, mas sem sucesso. Resolvi então solicitar a ajuda de um funcionário, que fez a busca através do sistema informático. A 1ª tentativa obteve 0 resultados, pois o funcionário pesquisou a designação 'bloggs'. Com algum tacto e delicadeza convenci-o a retirar um dos 'g' da pesquisa, e agora a busca já originou 3 resultados, 1 com o título totalmente ocupado com o campo a pesquisar, e 2 com a designação no meio de um título mais extenso. Quem não soubesse o nome dos autores talvez demorasse mais um pouco a encontrar o livro desejado. Conduziu-me então a uma secção onde eu já tinha estado, Informática, mas não às prateleiras onde os livros estão com as capas visíveis. Detivemo-nos numa das estantes que formam os corredores, e lá estavam 4 exemplares do livro, apenas com as lombadas visíveis a quem se agachasse. Era minha idéia adquirir o livro durante a apresentação a decorrer no próximo dia 13, mas como a) o funcionário da loja tinha tido aquele trabalho, b) não tenho a certeza de poder ir a Portimão e c) estava com curiosidade de ler já o livro, comprei-o logo na altura.
    Aproveito para tecer algumas considerações sobre o livro, tendo no entanto a noção que estas podem ser nalguns pontos injustas ou mal fundamentadas, uma vez que a leitura que dele fiz ainda foi muito superficial.
    Achei muito interessante o que já li da Parte 1 - Da teoria à prática, pois apenas tomei consciência deste mundo dos blogs em meados de Agosto, e aqui pude compreender melhor a sua génese.
    A Parte 3 serve para percebermos um pouco o que vai na mente de bloggers mais experimentados, e talvez um pouco na nossa.
    A Parte 4, que poderia ser a mais polémica do livro, julgo que não o é. Fazer uma lista de blogs que se pretenda pouco extensa e ao mesmo tempo representativa da blogosfera é sempre complicado, mas penso que os autores se safaram bem, e o facto de não terem incluído nenhum dos blogs que assinam dá-lhes boa margem de resposta a inquirições mais descontentes. A lista é tão válida como qualquer outra que se fizesse usando os mesmos critérios de isenção e abrangimento, e apesar da constante e rápida evolução da blogosfera ainda não se desactualizou, podendo-se apenas apontar o facto de alguns blogs citados já terem entretanto mudado de poiso, o que não é culpa dos autores (ou talvez seja de um deles, uma vez que as mudanças são geralmente para o weblog.com.pt, criado pelo Paulo Querido).
    Deixei para o fim a Parte 2, que é aquela que me sugere mais comentários. Aqui se explica os passos necessários para fazer um blog, e talvez seja dirigido aos leitores interessados pela matéria mas que ainda não se aventuraram neste mundo. Quem já cá anda, vê aquilo por que já passou até pôr o blog em actividade, havendo ainda algumas dicas interessantes para os mais preguiçosos que não têm muita paciência para percorrer todos os menus do Blogger.com.
    Mas penso que seria bem mais interessante se os autores tivessem incluído neste capítulo informações úteis aos bloggers já no activo, tais como: inserir contador de visitas (que quase sempre só depois de instalado é que se descobre que é bem mais que um rodar de números), sistema de comentários, trackback (que ainda não percebi bem o que é, já aqui fiz um link para um post específico do Luís Ene, e o seu trackback continua a indicar (0), é suposto ser assim?), a (dis)funcionalidade do Technorati, e mesmo alguns truques básicos de html que permitem algumas performances menos comuns na edição dos blogs (aproveito para agradecer aqui ao Al Cagoita, depois de já o ter feito aqui, por me ter ensinado a abrir links em nova janela).
    Sugestões a ter em conta num futuro 'Blogs2'?

    proferido por Asulado @ 12/08/2003 05:00:00 da tarde
    |

        domingo, dezembro 07, 2003  
    De regresso 
    Ainda estou meio azougado com a viagem de regresso, que incluiu um pneu furado em plena A2.
    Trazia idéias para um novo post a escrever, mas irá esperar por amanhã.

    proferido por Asulado @ 12/07/2003 11:03:00 da tarde
    |

        sexta-feira, dezembro 05, 2003  
    De abalada 
    Parto dentro de momentos para uma curta estadia na capital.
    Bom fim-de-semana a todos.

    proferido por Asulado @ 12/05/2003 05:53:00 da tarde
    |
     
    Descriminalização do aborto 
    Tenho opinião formada sobre este assunto, e expressei-a no referendo realizado para o efeito. No entanto, optei por não a tornar pública. Há quem veja nisso um acto de cobardia da minha parte, e tem todo o direito a essa opinião, mas penso que não é esse o caso.
    Esta é uma questão em que há boas razões para se defender qualquer um dos lados, da mesma forma que é possível ouvir as maiores barbaridades em defesa de uma posição ou de outra. Sinto-me mais próximo de pessoas moderadas que defendem opinião contrária à minha do que de extremistas que defendem a mesma. E por experiência própria já constatei que na discussão deste assunto é fácil cair em extremismos.
    Não tenho qualquer problema em me envolver em discussões sobre certos temas, desde que sejam respeitadas a sensibilidade e a opinião de cada um. Infelizmente não é isso que se tem visto na discussão sobre este assunto. Por ser um tema que envolve emoções fortes, é comum cair-se no insulto gratuito, e para isso não contem comigo.
    Não há regra sem excepção, e seria injusto não referir aqui o bom-senso que imperou nos comentários a este post da MF.
    Para justificar a minha opção, e para se perceber melhor a pré-concepção de idéias que existe, vou-vos contar esta situação.
    Após o referendo, dois amigos meus de sensibilidades diferentes (e curiosamente nenhum dos dois foi expressá-la nas urnas), em ocasiões distintas, me inquiriram sobre o meu sentido de voto. Dei aos dois a mesma resposta: que não o faria, pelas razões que já indiquei em cima. O apologista do 'sim' concluiu que eu votei 'não', e o defensor do 'não' concluiu que eu votei 'sim'.
    Se algum dos leitores chegou a conclusão semelhante, isso só vem reforçar a minha opção.

    proferido por Asulado @ 12/05/2003 12:18:00 da tarde
    |

        quinta-feira, dezembro 04, 2003  
    Memórias 
    Passam hoje 23 anos sobre a morte de Sá Carneiro. Não era minha intenção falar sobre este assunto, mas este post do Almariado instigou-me a isso.
    Tocar neste assunto significa falar nas memórias que o meu pai me deixou. Quem me conhece sabe que não me é fácil exteriorizar emoções íntimas, nem nunca pensei fazê-lo neste blog, daí ter adoptado um pseudónimo para a sua autoria. Mas por razões que a própria razão desconhece desta vez vou fazê-lo.
    O meu pai sempre foi um homem bastante politizado, e daqueles que infelizmente (porque sofreu psicologicamente por isso) teve razão antes do tempo. Foi apelidado comunista antes do 25 de Abril e fascista depois, defendendo sempre as mesmas idéias.
    Era grande admirador de Sá Carneiro já nos tempos da "velha senhora", quando este fazia parte da célebre ala renovadora da Assembléia. Quando viu os mesmos princípios transpostos para o partido que este criou após o 25 de Abril, coerentemente foi o PPD que apoiou desde a primeira hora. Apesar da fidelidade, nunca foi seu militante, talvez porque um peixe livre como ele dificilmente sobreviveria nas malhas da rigidez partidária. No entanto, nunca votou noutro partido que não o PPD/PSD, tendo por uma ou duas vezes votado em branco. Não estou a cometer nenhuma inconfidência, pois ele também nunca escondeu o seu sentido de voto.
    No período do PREC, participou em todos os comícios que pôde promovidos por partidos e associações empenhados em implementar a democracia em Portugal. Acompanhei-o por muitas vezes, tendo nalguns casos saído destes ao colo da minha mãe, que debandava do local em passo de corrida para evitar os confrontos que aconteciam.
    Uma das mais antigas recordações que tenho é de um comício do PS realizado na Alameda de Faro, em que foi orador Mário Soares. Várias pessoas dispersas aguardavam o programado discurso nas imediações do palco montado para o efeito, intercaladas por outras com ar intimidatório, que não deviam estar ali pelo mesmo motivo. Mário Soares chegou à Alameda e não se dirigiu ao palco pela sua traseira, mas sim pela frente, passando pelo meio das pessoas que o aguardavam, perante um silêncio nervoso e incomodativo. Ao passar mesmo à nossa frente, o meu pai começou a bater palmas, situação em que ficou sozinho por alguns (intermináveis) segundos. Após o impacto inicial, várias pessoas se lhe juntaram, sendo que ao fim de um minuto já o aplauso se tinha estendido à maioria dos presentes, desaparecendo de cena os mais carrancudos. Apesar da minha tenra idade, esta foi uma situação que me marcou indelevelmente para a vida.
    Outra foi sem dúvida o dia da morte de Sá Carneiro. Não é todos os dias que se vê o próprio pai a chorar amargamente.
    Resta-me referir que o meu pai se chamava António Jacinto Ferreira Júnior.

    proferido por Asulado @ 12/04/2003 12:57:00 da tarde
    |
     
    Novas proezas portuguesas 
    Orgulho nacional (ou não).

    proferido por Asulado @ 12/04/2003 09:50:00 da manhã
    |

        quarta-feira, dezembro 03, 2003  
    Obrigado 
    Queria agradecer publicamente ao Luís Ene o facto de ter perdido tempo a escrever um post onde menciona este blog. Espero ter oportunidade de o fazer pessoalmente no próximo dia 13, no lançamento em Portimão do livro 'Blogs'.
    aqui fiz um agradecimento colectivo a todos os que à data tinham linkado e/ou referenciado nalgum post o Asul, mas depois disto penso que é justo nomeá-los: os Alcabrozes, os Pulhas, o Al Cagoita, o Sérgio Martins, o jcd "jaquim" e o Baeta Oliveira.
    Ao f"almariado"v, ao nsptm e ao Chalabi já tive oportunidade de agradecer individualmente as referências, respectivamente aqui, aqui e aqui.
    Apesar de ter ultrapassado o meu record de links num post, peço desculpa se omiti alguém.

    proferido por Asulado @ 12/03/2003 12:55:00 da tarde
    |

        terça-feira, dezembro 02, 2003  
    A História repete-se 
    Mais um prédio antigo que ruiu em Olhão vítima de nova construção vizinha. Agora foi na Rua 18 de Junho, a poucos metros do cruzamento com a E.N.125 (o que tem semáforos).
    Infelizmente, em termos de vítimas não houve a mesma sorte que aconteceu neste caso.
    Será desta que a Culpa se vai casar?

    proferido por Asulado @ 12/02/2003 07:51:00 da tarde
    |
     
    Marisqueira/Marisquería Amador 
    Deu a esta costa um nuestro hermano que utilizou o Google.es em busca de restaurante+amador+olhao+portugal. Presumo que se trate de alguém que já tenha frequentado a marisqueira que indiquei no título, ou que tenha recebido boas informações de alguém que já lá tenha estado.
    Confesso que nunca lá comi, apesar de saber que é um sítio onde se pode apreciar bom marisco a preços bastante acessíveis. O restaurante consiste basicamente na esplanada, que está sempre a abarrotar no Verão, e composta no Inverno, variando a freguesia consoante o clima.
    O grande senão deste local (para mim) é o seguinte: o dono Amador insiste em fazer soar êxitos ibérico/sul-americanos em altos berros nas potentes colunas com que o espaço está equipado. Ainda não percebi se os fregueses frequentam o local apesar do barulho, ou se gostam mesmo do ambiente. Nuestros hermanos não duvido que apreciem, até se devem sentir em casa. Como tal, o texto que se segue destina-se a eles, espero que perdoem o meu portunhol.
    La Marisquería Amador sítua-se en el nº 102 de la Avenida 5 de Octobre (es vecino de este otro restaurante que yo ya he hablado), cerca de la Ria Formosa. Aqui pueden probar una preciosidad de marisco a un precio muy bajo. Quando vengas en Junio próximo asistir al juego del Euro 2004 España-Rusia, este es un sitio donde puedes cenar bien. Por supuesto que sí.

    proferido por Asulado @ 12/02/2003 06:52:00 da tarde
    |

        segunda-feira, dezembro 01, 2003  
    Imunidade informativa 
    Apesar do galopante alastramento de informação, há ainda quem esteja imune.

    proferido por Asulado @ 12/01/2003 07:43:00 da tarde
    |
     
    De seca 

    Algures no Levante, Olhão, 08Nov2003

    proferido por Asulado @ 12/01/2003 07:41:00 da tarde
    |
     
    The Meatrix 
    ou como se pode defender uma causa com imaginação.
    Obrigado ao António Baeta Oliveira pela indicação deste site (tem som).

    proferido por Asulado @ 12/01/2003 12:10:00 da tarde
    |

    referer referrer referers referrers http_referer