Asul <$BlogRSDUrl$>    
Asul Entre a Barreta e o Levante

Museum On The Seam

  "ao fim da tarde
   as sombras da ilha
   desenham o voo das aves
   nas águas da ria
"

José Carlos Barros   



Proud  Owner  Of  A
Page Rank Blog

Correio Asul


Rádio Asul


Twitter Asul
    follow me on Twitter



    Blogs
    A Arlapa
    A Lâmpada Mágica
    A Minha Matilde & Cª
    A Origem das Espécies
    A Revolta dos Griséus
    Aberratio Ictus
    Abrupto
    Alcabrozes
    All Garb Desunited
    @l(maria)do
    Alvito - Baixo Alentejo
    António Boronha
    Ardeu a padaria
    Arrastão
    Art & Design de Isabel Filipe
    Beja
    Berço de Ouro
    Blogue dos Marretas
    :)canalsonora(:
    Canuckpt
    Casa de Cacela
    Certamente!
    Charquinho
    Chocolate com Pimenta
    Claras Crónicas
    Coiso & Tal
    Confessionário do Dilbert
    Crónicas do Pete
    Dar de vaia
    Dias que Voam
    Do Portugal Profundo
    Fábulas
    Faro este
    Fala & Come
    Formiga Assassina
    Freedom Force - Olhão
    Futebolartte
    Galo Verde
    Gastr'eat'
    I am you
    Insular
    Just Feelings
    Local & Blogal
    LOLgarve
    Meu Bazar de Ideias
    Meu Querido Diário
    Mó! Tá o frio em monte, deb!
    Muro das lamentações de Pechão
    O Bate Estacas
    O blog do tóino
    O melhor blog do universo
    O Meu Anel
    O Repleto
    Olhão Leal
    Olhão livre
    Pechanense
    Perspectivas
    Portugal dos pequeninos
    Povo de Bahá
    Problema de Expressão
    Quintacativa
    Sempre Inocentes
    Sol&Tude
    Tames Xarengadze
    Terra do Sol
    Trento na língua
    Universo Catariniano
    Zone41

    Olhão...
    ... Institucional
    ... em Debate
    ... Vigilante
    ... na Teia
    ... na Rede
    ... Rubro-Negro
    ... VermelhiPrête
    ... Cinéfilo
    ... Heráldico
    ... Acontece
    ... é Notícia
    ... Uber Alles :)


    Roteiro
    Gastronómico
    Asul

    Almargem
    Amador, Marisqueira
    Aquário, O
    Barra Nova
    Bote, O
    Catedral do Marisco
    Charrete, A
    Livramento, O
    Sérgio

    Agregações



    Baú
    Outubro 2003
    Novembro 2003
    Dezembro 2003
    Janeiro 2004
    Fevereiro 2004
    Março 2004
    Abril 2004
    Maio 2004
    Junho 2004
    Julho 2004
    Agosto 2004
    Setembro 2004
    Outubro 2004
    Novembro 2004
    Dezembro 2004
    Janeiro 2005
    Fevereiro 2005
    Março 2005
    Abril 2005
    Maio 2005
    Junho 2005
    Julho 2005
    Agosto 2005
    Setembro 2005
    Outubro 2005
    Novembro 2005
    Dezembro 2005
    Janeiro 2006
    Fevereiro 2006
    Março 2006
    Abril 2006
    Maio 2006
    Junho 2006
    Julho 2006
    Agosto 2006
    Setembro 2006
    Outubro 2006
    Novembro 2006
    Dezembro 2006
    Janeiro 2007
    Fevereiro 2007
    Março 2007
    Abril 2007
    Maio 2007
    Junho 2007
    Julho 2007
    Agosto 2007
    Setembro 2007
    Outubro 2007
    Novembro 2007
    Dezembro 2007
    Janeiro 2008
    Fevereiro 2008
    Março 2008
    Abril 2008
    Maio 2008
    Junho 2008
    Julho 2008
    Agosto 2008
    Setembro 2008
    Outubro 2008
    Novembro 2008
    Dezembro 2008
    Janeiro 2009
    Fevereiro 2009
    Março 2009
    Abril 2009
    Maio 2009
    Junho 2009
    Julho 2009
    Agosto 2009
    Setembro 2009
    Outubro 2009
    Novembro 2009
    Dezembro 2009
    Janeiro 2010
    Fevereiro 2010
    Março 2010
    Abril 2010
    Maio 2010
    Junho 2010
    Julho 2010
    Agosto 2010
    Setembro 2010
    Outubro 2010
    Novembro 2010
    Dezembro 2010
    Janeiro 2011
    Fevereiro 2011
    Março 2011
    Abril 2011
    Maio 2011
    Junho 2011
    Julho 2011
    Agosto 2011
    Setembro 2011
    Outubro 2011
    Novembro 2011
    Dezembro 2011
    Janeiro 2012
    Fevereiro 2012
    Março 2012
    Abril 2012
    Maio 2012
    Junho 2012
    Julho 2012
    Agosto 2012
    Setembro 2012
    Outubro 2012
    Setembro 2013
    Outubro 2013

    This page is powered by Blogger. Isn't yours?

    Weblog Commenting and Trackback by HaloScan.com

    Categoria? Sou contra isso!

    Blog Templates

    Anti-Spam - Lute Contra os Spammers

    Quem me chama?



        domingo, julho 31, 2005  
    Interessante 
    Eu diria mesmo mais: interessante.
    (Banda sonora: Absent Friends by The Divine Comedy)

    proferido por Asulado @ 7/31/2005 08:58:00 da tarde
    |

        sábado, julho 30, 2005  
    Obrigado a todos 
    por um bocado bem passado e parabéns aos organizadores.

    proferido por Asulado @ 7/30/2005 11:00:00 da tarde
    |

        sexta-feira, julho 29, 2005  
    Querença Capital Algarvia da Blogosfera 2005 
    Encontro Blogalgarve 30/07/2005

    proferido por Asulado @ 7/29/2005 12:01:00 da manhã
    |

        quarta-feira, julho 27, 2005  
    If the rain comes 
    They run and hide their heads
    They might as well be dead
    If the rain comes
    If the rain comes

    (Lennon-McCartney)

    Soube-me bem a chuva hoje. Os veraneantes que me desculpem, mas soube-me mesmo bem. Poderia dizer que tal sentimento se deveu à importância da chuva para encher barragens, regar os campos e combater incêndios, mas não estaria a ser sincero.
    Soube-me bem a chuva hoje. Só isso.

    proferido por Asulado @ 7/27/2005 09:49:00 da tarde
    |

        terça-feira, julho 26, 2005  
    Divagações de desinteresse relativo 

    - Que me dizes disto, Bastet?

    - Porque é que nas festas realizadas em Olhão nunca vi ninguém cumprir o dress code típico da terra: calção e bota d'água?
    (divagado após ler, no convite para o aniversário da Kadoc, "Dress code: fashion" (whatever that means))

    proferido por Asulado @ 7/26/2005 12:39:00 da tarde
    |

        domingo, julho 24, 2005  
    Presidenciais '06: derby em perspectiva? 
    X
    Será mais o que separa estes dois possíveis candidatos ou o que os une? Visitem www.mariosoares.com e www.cavacosilva.com e surpreendam-se...

    proferido por Asulado @ 7/24/2005 04:36:00 da tarde
    |

        sábado, julho 23, 2005  
    Já não nos bastava os espanhóis... 
    Um grupo de norte-americanos pretende que seja retirado o prémio Nobel atribuído em 1949 a Egas Moniz.
    Fontes não confirmadas adiantam que o mesmo grupo pretende também que seja retirado o nome de Alfred Nobel ao prémio, devido às inúmeras destruições causadas pelo uso de dinamite.

    proferido por Asulado @ 7/23/2005 03:17:00 da tarde
    |

        sexta-feira, julho 22, 2005  
    Mayumana 
    Regressei agora da antiga capital algarvia, onde fui assistir ao magnífico espectáculo que está em cena na Fábrica do Inglês.
    Recomendo vivamente.

    proferido por Asulado @ 7/22/2005 12:56:00 da manhã
    |

        quinta-feira, julho 21, 2005  
    Actualidade 
    A revista Visão dedicou quatro páginas da edição que chegou hoje às bancas ao actualexMinistro das Finanças.

    proferido por Asulado @ 7/21/2005 01:32:00 da tarde
    |

        quarta-feira, julho 20, 2005  
    O espírito talmúdico 
    Lourenço apostou com o seu amigo Jónatas como sairia aprovado logo na primeira entrevista com o rabino. Este, inteira-se sumariamente sobre os dados do candidato e pede-lhe elementos sobre as suas qualificações.
    - Sou doutorado em filosofia; o assunto da minha tese foi a lógica socrática.
    - Vou testá-lo para verificar se tem o espírito adequado aos estudos judaicos. Vou-lhe propor problemas de lógica, uma vez que é essa a sua especialidade.
    Lourenço está preparado.
    O rabino estende dois dedos:
    - Dois homens descem pelo interior de uma chaminé. Um sai limpo, o outro enfarruscado. Qual deles se vai lavar?
    - É isso, o teste de lógica? - Lourenço contém o riso.
    - Exactamente isso - responde o rabino, imperturbável.
    - Oh, claro que é o que está sujo que se vai lavar.
    - Falso. O que está limpo é que se vai lavar. Lógica primária; o que está sujo vê o que está limpo e julga que está limpo também, portanto não se vai lavar. O que está limpo vê o que está sujo e julga-se sujo também e, como é óbvio, é precisamente ele que se vai lavar.
    - Muito claro - conclui Lourenço. - Passemos ao teste seguinte.
    O rabino estende, de novo, dois dedos:
    - Dois homens descem pelo interior de uma chaminé. Um sai limpo, o outro enfarruscado. Qual deles se vai lavar?
    - O senhor já me deu a resposta certa: é o que fica limpo que se vai lavar.
    - Falso. Lavam-se ambos. É lógico; o que está limpo vê o que está sujo e julga-se sujo também, e vai-se lavar. Mas o que saiu sujo vê o que saiu limpo lavar-se e segue-lhe o exemplo, lavando-se também. Portanto, lavaram-se ambos.
    - Não raciocinei dessa forma - diz Lourenço. - Faça-me outro teste, agora já compreendi o método.
    O rabino mostra os dois dedos:
    - Dois homens descem pelo interior de uma chaminé. Um sai limpo, o outro enfarruscado. Qual deles se vai lavar?
    - Ambos! Chegámos, agora mesmo, a essa conclusão!
    - Falso. Nenhum deles se lava. É lógico: o que está sujo vê o que está limpo e julga-se limpo também, portanto não se lava. O que está limpo vê que o que está sujo não se lava, e, portanto, não se lava também. Nenhum deles se lavou.
    Lourenço fica desanimado.
    - Apesar de tudo, estou certo de que compreendi. Faça-me um último teste.
    O rabino exibe os dois dedos fatídicos:
    - Dois homens descem pelo interior de uma chaminé. Um sai limpo, o outro enfarruscado. Qual deles se vai lavar?
    - Nenhum deles se lava - responde Lourenço com uma voz quase imperceptível.
    - Falso. Já chegou à conclusão de que a lógica socrática não constitui base suficiente para resolver os problemas talmúdicos? A resposta é que a questão colocada é estúpida, pois como é possível que duas pessoas que passam pelo interior da mesma chaminé possam sair uma suja e outra limpa? Todo aquele que não compreender isto de imediato não terá o espírito apto para os ensinamentos do Talmude.


    Marc-Alain Ouaknin e Dory Rotnemer in A Bíblia do Humor Judaico   

    proferido por Asulado @ 7/20/2005 11:44:00 da tarde
    |

        terça-feira, julho 19, 2005  
    «Psst! Não grites! 
    Estamos mesmo aqui ao teu lado
    (parte 2)

    proferido por Asulado @ 7/19/2005 07:57:00 da manhã
    |

        domingo, julho 17, 2005  
    Play It Again, Sam 
    ou The Song Remains The Same
    ou Vira O Disco E Toca O Mesmo

    Esta é aquela altura do ano em que o sr. Dennis Edmonton aka Mars Bonfire amealha mais uns trocos graças à cobertura televisiva da Concentração Motard de Faro.
    Não acham que já é altura de variar um bocadinho a banda sonora das reportagens? Porque não escolhem, por exemplo, o tema Our House dos Madness? Seria muito mais divertido.

    proferido por Asulado @ 7/17/2005 02:10:00 da tarde
    |

        sábado, julho 16, 2005  
    O Repleto 
    ou a coincidência de dois posts seguidos contendo a mesma palavra no título
    A blogosfera, além da criação de novas amizades, permite também o reencontro com velhos amigos que não vemos há anos, ainda que residam a escassas centenas de metros.
    Como este.

    proferido por Asulado @ 7/16/2005 12:30:00 da tarde
    |

        sexta-feira, julho 15, 2005  
    Um ano repleto de inodecências 
    Foi tão bom para ti como foi para nós?

    proferido por Asulado @ 7/15/2005 12:00:00 da manhã
    |

        quinta-feira, julho 14, 2005  
    mil e uma pequenas histórias 
    3.

    Quase três anos depois, chegou ao seu destino. Tinha sido uma escalada dura, mas sentiu o seu esforço recompensado quando contemplou a magnífica vista que o topo da montanha lhe proporcionava. Depois

    Para escolher o Final A ligue 606 060 606
    (preço único da chamada: €0,60)
    lá permaneceu, sendo o seu corpo resgatado três anos mais tarde, completamente enregelado mas com um visível sorriso nos lábios.

    Para escolher o Final B ligue 606 606 606
    (preço único da chamada: €0,60)
    desceu apressadamente, pensando já na montanha que iria escalar a seguir. Tão apressadamente que só ao chegar à base reparou que ainda trazia consigo a bandeira que deveria ter deixado no topo.

    Um abraço, Luís, e talvez nos encontremos no dia 26 (senão só no dia 30).

    proferido por Asulado @ 7/14/2005 07:43:00 da tarde
    |
     
    O regresso da Moura Encantada 
    Até Domingo, em Cacela Velha.

    proferido por Asulado @ 7/14/2005 12:03:00 da manhã
    |

        quarta-feira, julho 13, 2005  
    Nova sondagem 
    na coluna ao lado

    proferido por Asulado @ 7/13/2005 11:24:00 da tarde
    |
     
    Um ano com muita Atitude 
    Parabéns, gata!

    proferido por Asulado @ 7/13/2005 12:59:00 da manhã
    |

        terça-feira, julho 12, 2005  
    Publicidade gratuita 
    Não sou daqueles que compram qualquer coisa que traga qualquer inutilidade de bónus, mas reconheço que um bom brinde é capaz de me fazer adquirir algo que não seria uma prioridade na minha lista. Hoje foi um desses casos.
    Resolvi dar uma vista de olhos na secção de bebidas, e acabei por comprar uma garrafa de Pisang Ambon (ou, como diria a namorada-do-gajo-que escreveu-um-livro-sobre-os-Mão-Morta no saudoso Rocklórico, "oh Suousa, dê-me lá ôútro pisangambóungue!"), que até sabe bem nesta altura, porque trazia como brinde o DVD 11,000 Clicks dos Moloko, que contém o concerto de 22/11/2003 @ The Brixton Academy e mais alguns extras.
    "Hey hey, my my
     Rock and roll can never die"

                                       Neil Young
    Estava a rodar no ecrã e nas colunas da zona multimédia, e não resisti a comprá-lo: o DVD Xutos & Pontapés ao vivo no Pavilhão Atlântico, que contém o concerto (e o seu original palco) comemorativo dos 25 anos da banda (135 min.) e um documentário sobre a preparação do mesmo (40 min.). Acho que é o primeiro DVD que adquiro em que posso dar uso (na faixa Ai Se Ele Cai) à função multiângulo do meu leitor (é sempre frustrante quando não podemos aproveitar todas as potencialidades de qualquer aparelho). A embalagem inclui ainda dois CD com a parte áudio do concerto.

    proferido por Asulado @ 7/12/2005 11:37:00 da tarde
    |
     
    A Causa das Coisas 
    Relação Causa-Efeito
    Esta situação fez-me recordar uma outra passada em Olhão há uns anos. Depois da morte do Sr. Almeida em 1969, a sua filha Maria Luísa, ainda que em co-propriedade com os irmãos, continuou à frente da Farmácia Progresso (a da Rua Almirante Reis). Ainda tenho na memória as muitas "picas" que recebi dela.
    Quando, bons anos depois, se começou a sentir cansada da actividade, e não havendo na família seguidores do negócio, a D. Maria Luísa e os irmãos acordaram a venda da farmácia por uma quantia que agradava a todos. Foi depois da transacção concretizada que o inesperado aconteceu: surgiram mais alguns filhos do Sr. Almeida, todos devidamente reconhecidos notarialmente pelo pai, a reclamar a sua parte no negócio (o que veio a acontecer, depois de cumpridas as formalidades burocráticas).

    proferido por Asulado @ 7/12/2005 08:46:00 da manhã
    |

        sábado, julho 09, 2005  
    Rescaldo 
    Após os atentados terroristas perpetrados na capital britânica, surgiram comentários nos mais diversos sentidos, e não foram poucos os que mencionaram a cimeira das Lajes.
    Aceito todos os argumentos (e concordarei sem dúvida com a maioria deles) que me apresentem contra a iniciativa de Durão Barroso de receber, na referida base militar dos Açores, os líderes internacionais que planeavam a invasão do Iraque, excepto um: o de que isso tornaria Portugal num alvo preferencial de ataques terroristas.
    Quem defende esse argumento:
    a) considera que há justificação possível para actos como o de 7 de Julho em Londres, o de 11 de Março em Madrid e (com alguma imaginação, que decerto não faltará) o de 11 de Setembro em Nova Iorque;
    b) contradiz-se e admite que a cimeira das Lajes afinal teve a ver com terrorismo, e, consequentemente,
    c) considera que assobiar para o ar e fazer que não é nada connosco é uma atitude aceitável perante um problema à escala mundial.
    Na luta contra o terrorismo não podemos ser mais cobardes do que aqueles que pretendem instaurar o medo atacando os mais indefesos.

    proferido por Asulado @ 7/09/2005 04:55:00 da tarde
    |

        sexta-feira, julho 08, 2005  
    Blogalizar por aí 
    Faz hoje dois anos que foi escrito o primeiro post do Local & Blogal.
    E que melhor maneira de felicitar o meu amigo António Baeta Oliveira do que publicar um poema sobre Silves, escrito por um poeta do século XI, numa tradução diferente da que ele já publicou (tal como incluído na obra A Herança Árabe em Portugal de Adalberto Alves, ed. CTT):
    ó Silves, dona dos corações, em ti, talvez,
    esteja a causa do tormento do cantor,
    diz adeus a quem te quer, inda uma vez,
    e que, sem ti, por nada sente amor.
    quando te sinto longe na lembrança
    choro por ti, Silves, qual criança.


    A
    L-WALÎD IBN HABÎB

    proferido por Asulado @ 7/08/2005 12:02:00 da manhã
    |

        quinta-feira, julho 07, 2005  
    Cowards strike again 
    and they've got no right to take their place
    with the Human race

    proferido por Asulado @ 7/07/2005 02:08:00 da tarde
    |

        quarta-feira, julho 06, 2005  
    Incongruências 
    Numa altura em que o mundo atravessa uma grave crise económica, é incrível como se desbarata os meios de produção de quem quer trabalhar e gerar riqueza.
    E que consequências judiciais terá o dia 20 de Julho de 2006?

    proferido por Asulado @ 7/06/2005 10:25:00 da manhã
    |

        terça-feira, julho 05, 2005  
    Imaginação alada 
    Acabei de ver no Contra-Informação uma piada sobre uma eventual candidatura de Elsa Raposo à Câmara de Cascais pelo PPM!
    As coisas que aqueles malucos inventam!

    proferido por Asulado @ 7/05/2005 09:30:00 da tarde
    |
     
    Tantas 
    quantas as léguas submarinas

    proferido por Asulado @ 7/05/2005 02:37:00 da tarde
    |

        segunda-feira, julho 04, 2005  
    Da Feira (2) 
    Fui no serão passado fazer a primeira visita à edição olhanense deste ano da Feira do Livro. Mais uma vez não se cumpre a promessa de alargamento do espaço da feira, e continua a não haver informação específica à presença de autores (no stand da Câmara disseram-me que são as editoras que não fornecem atempadamente essa informação). Sei que esteve lá no dia 2 autografando as suas obras a Ana Zanatti (que já vai sendo presença habitual). Os preços praticados não são tão apelativos como na Feira de Lisboa, onde já tinha feito algumas compras, mas ainda assim efectuei duas aquisições de temática local, cada uma a €5,00. A saber:
    - O CD Olhão e os seus Fadistas, editado pela Sueste Records. Uma colectânea que reúne alguns nomes que já me eram familiares, como Susana Neves (já mencionada aqui), Libânia, Estrela Maria e Vítor Rocha (já mencionados aqui), e outros que até agora me eram desconhecidos, como Tatiana, Ana Vitória, Morenito, Luísa Mira, Sara Gonçalves, Armando Estrela, Mário Saraiva, Manuel João e Marília Fernandes; participam ainda José Pinto na guitarra portuguesa e José Santana na viola e viola baixo.
    - O livro Gente de Olhão - O Seu Humor, A Sua Graça..., de António Algarve (pseudónimo de António Domingos Pereira) com prefácio de Alberto Iria, editado pela Algarve em Foco. Já conhecia este livro da casa dos meus pais, e o que me incentivou a comprar agora o meu exemplar foi o facto de ter assistido há pouco tempo, na Sociedade Recreativa Olhanense, à peça Trê Mé Ré O Balde Choque ('três mil réis o balde de chocos' em olhanense, e perdoe-me o autor se falhei na grafia), encenada por João Paulo Evaristo e interpretada pelo próprio e por Joaquim Parra; é uma peça em três actos, em que dois são baseados em histórias típicas incluídas neste livro: "Peixe das sacadas ou peixe das traineiras?" e "Saquile era Marróqueze" (o 1º acto é uma versão dramatizada da "factura de um santeiro olhanense", que pode ser lida aqui). O livro reúne ainda mais algumas histórias célebres de Olhão, como a dos "Canários Fritos" (conhecia mais por "Canários Belgas"), que só depois de ler o livro pela primeira vez é que fiquei a saber que alguns dos intervenientes são bastante meus conhecidos. Deixo-vos com uma pequena história incluída no final da obra tal como lá está, mas que geralmente é contada numa versão mais extensa, com a parte do meio alongada consoante a disposição do locutor:
    O marítimo a fazer exame para obter a carta de mestre é interrogado pelo capitão do porto.
    - O senhor está fundeado, em dia de muito vento. O vento aumenta. O que é que faz?
    - Mê quemandante, ê cá largue más cabe...
    - Mas suponha que o vento aumenta mais ainda.
    - Pôs ê cá largue más cabe ainda.
    - Mas o senhor ainda tem mais cabo para largar?
    - Saiba o mê quemandante que enquante o mê quemandante tever vente pra mandar ê cá tenhe cabe pra largar...

    proferido por Asulado @ 7/04/2005 12:17:00 da manhã
    |

        sábado, julho 02, 2005  
    Glocal 
    (fui eu que inventei, fui eu que escrevi)
    Uma empregadora entrevista três imigrantes ucranianas:
    - Tu, como te chamas?
    - Соня (Sonja).
    - E tu?
    - Надя (Nadya).
    - E tu?
    - Ирина (Irina).
    - Ah, afinal vocês têm nomes iguais aos nossos!

    proferido por Asulado @ 7/02/2005 10:30:00 da manhã
    |

        sexta-feira, julho 01, 2005  
    Nouveaux-Trendies 
    Nos últimos dias tenho notado um volume anormal de carros parados na berma da estrada. Escusado será dizer que junto a eles estão os seus ocupantes de colete retrorreflector devidamente vestido. Aposto que a única razão por que pararam o carro foi para exibirem a indumentária nova. E, se observarmos com atenção, verificamos que os coletes ainda trazem agarrada a etiqueta com o preço.

    proferido por Asulado @ 7/01/2005 12:07:00 da manhã
    |

    referer referrer referers referrers http_referer